No dia 24 de agosto passado a OSESP apresentou-se no Royal Albert Hall, em Londres, em um programa com Grieg, Villa-Lobos e Rachmaninov. Ao final, voltou já no segundo "bis", para tocar o Pé de Vento, da Suite Popular Brasileira, de Edu Lobo (4 min).

https://www.youtub...

A batalha das cidades contra a poluição visual ainda é incipiente no Brasil. Tomando com referência a maior cidade do país, São Paulo, é incessante a batalha para valorizar a paisagem urbana, da qual a lei da Cidade Limpa, de 2.007, foi um dos seus mais importantes mar...

Revisão em 24/09/16 - 19,30 hs

Complementação em 25/09/16 - 11,30 hs

O governo federal anunciou o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), contendo um pacote de projetos com destaque para os setores de petróleo, hidrelétricas, rodovias, ferrovias, aeroportos. Foi re...

Simon Kuznets, um dos pais do indicador econômico agregado Produto Nacional Bruto PNB (que engloba o Produto Interno Bruto PIB) dizia nos idos de 1.930, época em que esses referenciais foram criados, que o bem-estar de uma nação ou cidade dificilmente poderia ser calcu...

Quando sonhamos que um dia os rios de nossas cidades estarão limpos surge  logo a especulação sobre o destino das suas vias marginais. Usualmente entregues ao tráfego de veículos, às vezes até com tampas cobrindo os cursos d'água, essas artérias entupidas por carros, m...

Revisão em 3  de setembro

Em postagens anteriores temos ressaltado o árduo desafio a superar, na luta em prol de uma sociedade mais justa e solidária, sobretudo nas cidades.

Estudo recente da Rede Nossa São Paulo - o Mapa da Desigualdade - mostra em fotos e números o in...

Please reload

MINHA CRENÇA POLÍTICA



Sonho com uma sociedade que realize o ideal de justiça e de liberdade. Que não discrimine por motivo de sexo, raça, religião. Que liberte os que trabalham, empregados e patrões, quando submetidos a situações não dignas ou que os impeçam de produzir. Que permita a ascensão dos que hoje são obrigados a labutar na economia informal, repudiados por preconceitos. E que seja eficiente e moderna.

... Leia mais

Auriverde pendão de minha terra,

(...)

Antes te houvessem roto na batalha,

Que servires a um povo de mortalha!

                         Castro Alves

Posts em Destaque

Como estará o Brasil em 2022, no bicentenário?

February 22, 2017

1/4
Please reload

Arquivo
Please reload

De tudo ficam três coisas:

 

A certeza de que estamos começando,

a certeza de que devemos continuar e 

a certeza de que podemos ser

interrompidos antes de terminar.

 

Fazer da interrupção um novo caminho,

fazer do medo uma escada,

do sonho uma ponte e

da queda um passo de dança.

 

Fica, a certeza do reencontro, 

fica, o desejo de boa sorte e

fica a vontade de que

Lutes e venças!

 

                                     Fernando Pessoa

Posts Recentes
Please reload

Procurar por tags
Siga
  • Twitter Basic Square

Mario Eduardo Garcia   --     m.e.garcia@uol.com.br

Reflexões sobre políticas públicas, mobilidade e logística