Inteligência policial, estudos acadêmicos sofisticados, seminários e colóquios intelectuais...prá quê? O samba tem virtudes proféticas mais aguçadas. Pressentiu o drama de hoje, no Rio e no Brasil, há mais de 20 anos!

E prescreveu a receita: "melhor é o Poder devol...

Neste artigo, o terceiro da série, vamos refletir sobre o desempenho financeiro do RGPS, um dos mais importantes regimes de previdência. Nossa indagação estará mais uma vez balizada pelos grandes números, não descendo a pormenores, dominados por especialistas. Tais inv...

No recente post sobre o tema, de 16 de fevereiro [1], argumentamos que a explosão do balanço previdenciário da União nos anos mais recentes não é, nem deve ser, parâmetro para estudos e projeções sobre o déficit futuro, pois ocorreu em período atípico, de forte retraçã...

Agora que a intervenção no Rio assumiu o protagonismo da agenda nacional surge uma brecha para discutir a questão da previdência com menos calor. Essa novela frequenta o debate econômico há décadas. Na recente controvérsia foi insuflado um senso de catastrofismo que pr...

As responsabilidades pela educação no Brasil não cabem só a governo, ONGs e escolas privadas. Todos nós somos responsáveis. Se a nobre missão de ensinar, como está hoje, representa o maior obstáculo à formação de uma sociedade justa e avançada em nosso país, é porque t...

Simon Kuznets, um dos pais do indicador econômico agregado Produto Nacional Bruto PNB (que engloba o Produto Interno Bruto PIB) dizia nos idos de 1.930, época em que esses referenciais foram criados, que o bem-estar de uma nação ou cidade dificilmente poderia ser calcu...

Revisão em 3  de setembro

Em postagens anteriores temos ressaltado o árduo desafio a superar, na luta em prol de uma sociedade mais justa e solidária, sobretudo nas cidades.

Estudo recente da Rede Nossa São Paulo - o Mapa da Desigualdade - mostra em fotos e números o in...

Em 1997, procurando consolidar uma série de iniciativas antes desenvolvidas, propús que elas fossem reunidas sob o “guarda-chuva” integrador de um Programa e que ele fosse batizado provisoriamente como Música em Júlio Prestes, contemplando as cinco seguintes vertentes...

O imposto direto deveria aplicar-se a quem tem, de acordo com as suas posses. O imposto indireto recai sobre quem não tem, de acordo com as suas necessidades.

Em posts anteriores temos abordado, dentro dos limites facultados a quem não é economista, aspectos momentosos...

Revisitei ontem à noite, pelo Oldflix, esse grande filme produzido ​no final da década de 1960. No original: "They shoot horses, don't they?" Ambientado na era da recessão irrompida em 1929 nos EUA, traça amargo retrato do desalento, da procura angustiante pela sobrevi...

Please reload

MINHA CRENÇA POLÍTICA



Sonho com uma sociedade que realize o ideal de justiça e de liberdade. Que não discrimine por motivo de sexo, raça, religião. Que liberte os que trabalham, empregados e patrões, quando submetidos a situações não dignas ou que os impeçam de produzir. Que permita a ascensão dos que hoje são obrigados a labutar na economia informal, repudiados por preconceitos. E que seja eficiente e moderna.

... Leia mais

Auriverde pendão de minha terra,

(...)

Antes te houvessem roto na batalha,

Que servires a um povo de mortalha!

                         Castro Alves

Posts em Destaque

Como estará o Brasil em 2022, no bicentenário?

February 22, 2017

1/4
Please reload

Arquivo
Please reload

De tudo ficam três coisas:

 

A certeza de que estamos começando,

a certeza de que devemos continuar e 

a certeza de que podemos ser

interrompidos antes de terminar.

 

Fazer da interrupção um novo caminho,

fazer do medo uma escada,

do sonho uma ponte e

da queda um passo de dança.

 

Fica, a certeza do reencontro, 

fica, o desejo de boa sorte e

fica a vontade de que

Lutes e venças!

 

                                     Fernando Pessoa

Posts Recentes
Please reload

Procurar por tags